segunda-feira, 23 de novembro de 2015

About last night...

No frenesim, as semanas passam sem darmos por elas. Tudo é rapido: toca o despertador corremos para fora de casa, a noite corremos para ter tudo pronto para o dia seguinte e, sem darmos por isso, toca o despertador outra vez.
Todas as noites são especiais, mas algumas são ainda mais especiais e ardentes. Ontem foi noite de experimentar novas aquisições! Hot!!
Novos toques, novas sensações. É fantástico como pequenos pormenores tornam a noite em algo mais. Quanto aos pormenores, vejam por vocês próprios nas fotos que tirámos...




terça-feira, 21 de julho de 2015

Mais uma voltinha, mais uma viagem!

Como já vos dissemos, não gostamos de viagens aborrecidas! Adoramos os Verão porque é sempre mais fácil e convidativo a viagens nada chatas!


Desta vez a viagem não era tão comprida, mas mesmo assim, por que não apimentar? É sempre delicioso tornar uma viagem simples numa viagem bem cheia de tesão!


E já diz o povo, que quem anda à chuva molha-se!


Não sejam tímidos! Contem-nos as vossas "viagens"!

Ela.

sábado, 18 de julho de 2015

Experiências a dois...

Esta semana decidimos sair da rotina, estamos de férias e, por isso, decidimos conhecer novos sitios.
Onde andámos nós, perguntam vocês?
Eis que andámos por terras alentejanas! As viagens de carro pelo Alentejo podem tornar-se aborrecidas, mas connosco não há aborrecimento que resista! Pensámos: "porque não aproveitar estas paisagens diferentes para algo diferente também?". Encontrámos a paisagem que achámos que seria algo entre o seguro e o giro (embora tenhamos tido o típico episódio de vestir a correr para não sermos apanhados pelo Ti Zé que decidiu que era uma boa hora para utilizar o trilho!). Depois das peripécias todas, conseguimos finalmente aproveitar a excelente paisagem alentejana!


Sempre com a paisagem como pano de fundo, fomos continuando a aproveitar o sol e o calor (o do clima e o que nós fazemos!)


Depois de seguirmos viagem, de regresso a casa, achámos que tantas horas de carro estava a ser cansativo e aborrecido, Então, decidimos dar outro uso ao carro além de transporte!


No final, achámos que bem que podiamos viajar assim mais vezes! Não se importávamos nada!
E se não estiver calor, não faz mal, fazemos nós calor!

Ela.

terça-feira, 30 de junho de 2015

Noites de trabalho, noites de tesão...

Os últimos dias têm sido um constante reboliço. Capítulos que se encerram, outros que começam. Mas sempre com muito trabalho a fazer. É nessas alturas que acontecem noitadas em frente ao computador. Jornadas de trabalho que só conhecem uma interrupção: comer.

Mas comer significa muita coisa, não acham?



Acertaram em cheio :) há interrupções que valem a pena.

Ela.

quarta-feira, 17 de junho de 2015

As saudades...

 Da próxima não escapas!
Ele.



segunda-feira, 15 de junho de 2015

Está quase na hora...

Depois de um dia de trabalho, em que o pensamento por vezes fugiu para outros lados, estamos finalmente em casa.

E já falta tão pouco para que todos preparativos para o dia seguinte estejam feitos. Tão pouco, que já consigo sentir aquela cama cheia de memórias e histórias a chamar por nós.

Em breve não terá de chamar mais, e satisfaremos o que durante o dia tanto pensámos...

Estou à tua espera e do momento de concretizar essas vontades....


Ela.

domingo, 14 de junho de 2015

Três não é uma multidão




A gíria diz que três é uma multidão. Bem, nós não concordamos! :)

Sempre na busca de coisas novas que nos despertem cada vez mais prazer, naquela noite descobrimos algo. Foi mero acaso, mas ao falarmos com uma rapariga via internet houve interesse imediato em marcar um encontro para nos conhecermos melhor. Ainda não sabíamos mas seria o início de uma noite cheia de prazer!
Após alguma conversa, seguimos para casa dela e rapidamente estávamos os três despidos na sua cama. Era a primeira vez que incluíamos um terceiro elemento. Foi uma descoberta excitante do prazer com outra mulher, da pele com pele, do calor de dois corpos ansiosos e do toque entre estes. O prazer de podermos brincar com Ele. Foi como se o tempo nem existisse e tudo fluísse, como se estes corpos sempre se tivessem conhecido.

Foi sem dúvida uma experiência tremenda e que queremos repetir.
Histórias semelhantes? Deixem-nos as vossas experiências nos comentários :)

Ela.